Quero ter um bom som no meu carro. O que fazer?

1 – Primeiro passo: Seu carro é compatível com aparelhos 1 DIN ou Double DIN (2 DIN)?

Para aqueles que não sabem o que é 1 DIN ou Double DIN (2 DIN), vou deixar as fotos destes tipos de aparelhos no final deste artigo. Mas este termo nada mais é do que a nomenclatura utilizada para sinalizar quando um aparelho de som possui aquele formato tradicional – formato 1 Din –, ou quando o aparelho é composto de uma tela que varia normalmente de seis a oito polegadas – Double Din (ou 2 din).

Se o carro não tiver compatibilidade com 2 DIN e o consumidor ainda assim quiser um aparelho maior, terá de adaptar o painel. Mas tome cuidado. A adaptação do painel é delicada. O instalador terá de destacar o conjunto, refazê-lo e cuidar de todo o acabamento. Procure um especialista de confiança.

Você também pode optar por um aparelho de DVD com tela retrátil, esse sim compatível com aparelhos 1 DIN. Os preços destes aparelhos variam de aproximadamente R$ 500 até R$ 2.000 mil reais.

2 – Do que você precisa?

Antes de comprar um player para o seu carro, pense em suas necessidades. Vamos começar pelas funcionalidades. Para ouvir suas músicas, você prefere CD, pen drive ou IPod?

GOSTO MESMO É DE CD – Há diversos modelos de toca-discos disponíveis no mercado, com preços que variam de R$ 200 até R$ 1 mil reais, dependendo da quantidade de funções. Hoje praticamente todos oferecem leitura para outros arquivos de áudio, como MP3, WMA, WAV, ACC. Então, e só você baixar suas músicas prediletas no computador, nesses formatos, e gravá-las em uma mídia de CD para ouvir no carro.

  10 coisas para avaliar na hora de comprar um carro usado

Prefira os modelos que oferecem entrada USB. Você pode até não usar pen drive agora, mas um dia provavelmente ainda vai se render a eles.

O bom som começa com a escolha de boa unidade de fonte (player). Por isso, a resolução de leitura do aparelho deve ser sempre levada em conta. Bons aparelhos têm resolução de 24 bits.

SÓ USO PEN DRIVE – Então o passo número um é procurar um aparelho com entrada USB. Hoje também já existe no mercado modelos que simplesmente abandonaram o espaço para o CD: trazem só conectividade para pen drives, iPod, iPhone e cartões de memória.

Se optar pelo aparelho sem CD, pense bem se um dia você não vai sentir falta dele! Mas também se pode resolver isso copiando os CDs para o pen drive ou iPod.

TUDO NO IPOD – Procure aparelhos com entrada USB e/ou auxiliar, que também permitem conexão com smartphones. No caso da entrar USB, pode-se usar o próprio conector do iPod. A entrada auxiliar é mais prática, pois basta ter um cabo de conexão P2.

Não esqueça de verificar se o aparelho tem compatibilidade com iPod. Alguns, mesmo tendo entrada USB ou auxiliar, podem não reconhecer o tocador da Apple.

Normalmente os aparelhos compatíveis com iPod têm interface para ele, ou seja, é possível selecionar as músicas direto no som, assim você não dispersa a atenção do trânsito.

3 – Você usa o celular no carro?

ASSUMO, SIM! Então dê preferência aos aparelhos com Bluetooth. Assim você não corre o risco de tomar multa, perder pontos na habilitação e dirige com mais segurança. Lembre-se que o Bluetooth tem várias funcionalidades, que variam de acordo com o aparelho de som e celular. A função mais comum é a hands free (mãos livres), que permite fazer e receber ligações sem tirar as mães do volante. Mas a tecnologia também inclui acesso à agenda de contatos, entre outras facilidades. Hoje há vários carros que trazem Bluetooth de série ou como opcional. Alguns incluem comandos no volante, outros apenas pelo aparelho no painel.

  Veja como um insulfilm blindado pode ajudar a proteger o seu carro

Cheque se seu celular tem perfil hands free. Nem todos os telefones com Bluetooth são aptos para essa função. Na maior parte dos sites dos fabricantes de celulares você encontra essa informação.

Com Bluetooth no carro e um suporte Bluetooth no celular para o perfil de transmissão de música (A2DP/AVRCP) também é possível ouvir as músicas do celular no som do veículo, sem cabos.

NÃO – Nesse caso, você não precisa priorizar o Bluettoth. Se cair na tentação de atender o celular acione o viva-voz ou pare o carro.

Você também pode optar por comprar, em outro momento um kit viva-voz com Bluetooth. O acessório é oferecido em várias lojas, com preço médio de R$ 50 até 350 reais.