Range Rover Evoque

O Range Rover Evoque pode ser resumido pela decisão de usar a esposa do jogador de futebol e rainha da moda Victoria Beckham como consultora antes do lançamento – é tudo uma questão de estilo. Ele surgiu em 2010 numa festa reluzente em Londres, para celebrar os 40 anos do Range Rover – o veículo que chocou o mundo acrescentando luxo ao até então espartano Land Rover.

Conforme o Range Rover foi se tornando mais luxuoso e adaptado para as cidades, um tamanho menor e mais inspirado pelas tendências da moda foi uma progressão natural. O pequeno Evoque é um veículo elegante, com um formato mais próximo de um cupê que de um utilitário, especialmente na versão com três portas.

O Evoque não se afastou muito do conceito usado no Land Rover LRX, que causou bastante sensação no Salão do Automóvel de Detroit em 2007. A empresa recebeu 18 mil encomendas antes do começo da produção. Cada Evoque leva 29 horas para ser construído, e, no primeiro ano, uma unidade saiu de linha de produção a cada 70 segundos. O veículo compartilhou a mesma plataforma classe D usada pelo Land Rover Freelander, pelo Ford Mondeo e pelo Volvo S60, entre outros. O modelo tem um manuseio mais leve e ágil que os Range Rover anteriores e uma performance bem adequada à rua.

O motor turbo com quatro cilindros de 1.999 cc alimentado a gasolina foi a opção mais potente e suave disponibilizada, porém o mais escolhido na Europa foi o TD4 a diesel, de 2.200 cc. Há versões com tração em duas ou quatro rodas, e, para mante o DNA da marca intacto, a versão 4×4 oferece um legítimo desempenho off-road. Mas, na prática, não é muito provável ver essas grandes rodas lustrosas sujas de lama.

  Conheça o Volkswagen Golf R 2012

2010 – 237 cv – 0 à 97km/h em 7,1 segundos – 217 km/h

  • Paulo Lemm

    Esse modelo é show!!!

  • Paulo

    Esse modelo é show!!!